1 de ago. de 2016

Escolhendo o nome da bebê


 Depois de saber o sexo do bebê, todo mundo quer saber qual será o nome escolhido pelos pais e muitos dão até dicas e mais dicas. Tem famílias que há até disputa entre pais e avós para escolherem o nome do bebezinho. Mas acima da nossa vontade, não podemos esquecer que estamos falando de um ser humano que estar por vir e essa decisão marcará sua vida para sempre. 

 Eu e Júlio (meu marido) sempre tivemos o cuidado de saber tudo sobre o nome a ser dado aos nossos filhos. Antes de um nome bonito, vem o significado por trás dele e é isso que pesa muito em nossas escolhas. Para nós, isso influencia e muito sobre como será a sua personalidade e como o peso do significado do nome virá sobre ele(a). Não é superstição, mas fatos comprovam isso em nosso dia-a-dia e a bíblia nos respalda inclusive. Podem observar que o próprio Deus tinha o cuidado de nomear seus escolhidos e até mudar o nome de alguns. Simplesmente por que não gostava daqueles nomes? Não! Mas porque havia um significado por trás deles. 

 Claro que não vamos só ver o significado e escolher um nome que soe estranho ou que dê motivo de apelidos nada bacanas para nossos filhos, né? A pessoa passar a vida toda sendo motivo de piadinhas é tão triste! Eu não gostaria de passar por isso, por que faria isso com meus filhos? Antes de escolher um nome, temos que pensar que o nome será dele e não nosso. Sério gente, ser chamado de "Um", "Email", "Oceano Atlantico" e tantos outros nomes muito esquisitos é uma falta de respeito com o próprio filho.

 Outra coisa que eu me preocupo é na facilidade que a criança vai ter em aprender a escrever o próprio nome. Eu particularmente, prefiro nomes curtos e sem y, vários L ou N, mas isso é um pensamento meu, tá?! No nosso caso, as crianças recebem o sobrenome "Koplin" que já terão que soletrar para o resto da vida (digo isso por experiência própria!), imaginem se tiverem um nome mais complicado? Prefiro facilitar a vida deles. :) Então escolhemos Isaque, Lídia e Elisa.

 Além da facilidade de se escrever, pensamos muito em como vai soar o nome juntamente com todo o sobrenome. Sempre falo em voz alta e escrevo o nome completo para ver se vai ter uma boa combinação.

 Depois de falar isso tudo, vocês devem estar curiosos para saber o nome da nossa bebê, né? Foi até engraçado, por que assim que soubemos o sexo e contamos para as crianças, decidimos no dia seguinte. Analisamos os nomes femininos que eu e Júlio havíamos separado no aplicativo sobre gestação que eu uso ( o Gravidez +) e fomos dizendo em voz alta cada nome e eliminando. Quando chegou no nome escolhido, todos gostaram e as crianças começaram a gritar o nome. Depois disso, não teria como escolher outro! Rsrsrs... Então o nome escolhido foi...
Foto divulgada no Instagram

 Além do adjetivo ser lindo (risos!), no original, Linda significa afável, escudo e adorável. E desejamos que nossa princesinha seja muito forte e amável, porque amada ela já é e muito!

 Mas e vocês? Como escolheram ou estão pensando em escolher o nome do(a) seu(sua) filho(a)? Conta pra mim nos comentários! ;)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Diario de Maternidade - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Acid Assessoria.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo