29 de jul. de 2016

Rotina de sono


 Desde que nascem, as crianças são moldadas conforme a rotina que os pais criam para elas. Quando se fala de sono, é importante que elas tenham horários e eu sempre zelei por isso em minha casa. Imaginem a loucura que seria se meus três filhos tivessem rotinas diferentes entre eles e dormissem quando bem entendessem??? Eu surtaria, eles não teriam uma rotina saudável e levantar cedo para ir à escola seria estressante!

 Cada idade tem o seu padrão de sono, principalmente quando falamos dos cochilos diurnos, mas é fundamental que se tenha horário certo pra dormir. Cada família vive uma realidade, mas aqui eu estipulei às 21 horas para que os três fossem pra cama. Então, eles escovam os dentes, damos boa noite e cada um segue para o seu quarto. Como levantam muito cedo, funciona super bem para que eles acordem descansados. Os dois mais velhos não dormem mais durante o dia e a caçula tira um cochilo à tarde, mas não é sempre. Eu até prefiro que não durma porque atrapalha o horário de sono noturno dela.

 Outra coisa que achei fundamental foi  não deixar as crianças assistirem televisão antes de dormir e eles já sabem que não abro mão disso. Assistir desenhos ou seja lá qual for a programação, nunca ajudou os meus filhos a pegarem no sono, pelo contrário, chama mais atenção e leva eles a ficarem acordados por mais tempo. Quando a Elisa (4 anos) está com mais dificuldades pra ir deitar, eu coloco um instrumental de canções de ninar pra tocar em volume baixo, até ela acalmar e dormir.

 A Sociedade Brasileira de Pediatria divulgou uma tabela do sono baseada em pesquisas feitas pela National Sleep Foundation, que nos dá um parâmetro muito bom para saber se nossos filhos estão tendo um padrão saudável de sono.

 Ter uma rotina de sono não é coisa de gente fresca e exagerada. É comprovado que o hormônio responsável pelo crescimento é liberado em maior quantidade durante o sono, além de ser período de fixação de todo aprendizado que eles tiveram durante o dia.

 Por experiência com a turminha aqui, percebi que após os dois anos de idade, é bom que se evite a soneca diurna por longo tempo. Um soninho de uma hora, uma hora e meia logo após o almoço, já renovará as forças do pequeno e não causará falta de sono durante à noite. Quem nunca já passou por noites de choros do filho que não queria ir pra cama porque dormiu demais durante o dia? Eu sou uma e garanto que não é legal e nem favorável! Rsrsrs...

 Outro lado bom de se ter uma rotina, e falo rotina num aspecto geral, é que eles crescem entendendo que vivemos num mundo onde se tem horários e responsabilidades a serem cumpridas. Mesmo que os meus filhos não estejam com sono, eles deitam na cama e ficam lá até dormir, no dia seguinte acordam no horário e cumprem suas responsabilidades escolares. Já estão sendo moldados desde novos e acredito que isso os tornará adultos mais organizados.

 Enfatizando mais uma vez que essa é uma rotina da minha família e que não é fácil mantê-la, afinal, educar crianças requer tempo e dedicação, e isso é trabalhoso demais. Também não quero impor regras para sua família e nem dizer que a minha rotina é a correta, meu objetivo é compartilhar como lido com o tema e lembrar a importância do sono em horários corretos para as crianças. Mas, se na sua casa não há esse hábito desde que seu filho nasceu e você deseja mudar isso, tenha certeza que não será moleza, muitas crianças criam resistências a certas mudanças, mas como falei inicialmente, crianças estão em fase de aprendizado e em poucos dias assimilam a nova rotina. Então, não desista e saiba que criar uma boa rotina de sono pra ele será benéfico e valerá a pena cada segundo de tempo investido nessa mudança.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Diario de Maternidade - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Acid Assessoria.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo